Top

Turismo de Mira

À Descoberta da Casa Gandaresa

A casa gandaresa é a habitação típica da região das Gândaras, onde se encontra inserido o concelho de Mira. A tipologia da casa apresenta uma fachada constituída por um motivo típico: janela-porta-janela, portão e, neste caso, novamente janela, que noutras variantes podia ser um postigo. Sendo que todos estes elementos eram emoldurados em cantaria.

Construída em adobes de cal e areia, secos ao sol, a construção está centrada em torno de um pátio interior para o qual toda a habitação, celeiros, currais e galinheiros estão virados, num notável exemplo da racionalização entre o espaço doméstico e o das atividades agrícolas e de criação de gado. 

No corpo da habitação da frente encontra-se “a sala do senhor” e uma meia sala ou quarto da frente. A “sala do senhor” era utilizada no dia de Páscoa, para beijar a cruz do Senhor e quando algum membro da família morria, era ali que o seu corpo era velado. Já a meia sala ou quarto da frente era o melhor quarto da casa, somente utilizado em caso de doença. O corpo da retaguarda forma geralmente um dos lados do pátio e dá para um alpendre para o qual se abrem as portas das cozinhas ou sala de jantar. A seguir à sala do Senhor, existia um corredor para dois quartos simples apenas com o essencial, como uma cama de ferro com colchão de palha, coberto com uma manta de trapos, e uma pequena mesa de cabeceira onde se guardava o bacio.

Segue-se a seguir a sala de jantar ou cozinha “mais limpa”, utilizada somente para alturas festivas, por exemplo para a realização de casamentos ou batizados. Por último, a outra cozinha que era o compartimento mais importante da casa e cerne da vida familiar. Nela se encontrava o borralho, onde a família se reunia para rezar ou para contar “estórias” aos mais novos. Ali se faziam as refeições do dia a dia e era por cima do borralho que estava o forno a lenha para cozer a famosa broa. 

A preservação desta casa típica gandaresa permite às gerações vindouras conhecer melhor o modo de vida dos seus antepassados, as suas vivências diárias, as suas crenças, e por fim, a sua história. É possível encontrar exemplares nas localidades do Seixo e de Carapelhos.

Descubra este território rico em história e tradição. Parta à aventura!

Comentar